Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Holly Reader

Confissões de uma bookaholic.

Holly Reader

Confissões de uma bookaholic.

As Intermitências da Morte | José Saramago

IMG_5047.JPG

 

Foi o meu primeiro romance de Saramago e parece-me que começei muito bem. Não sei se acontece o mesmo com todos os livros de Saramago mas, este em específico, é de uma imaginação, consistência e sentido de humor fora de série.

 

Saramago adivinha os pensamentos do leitor, esclarece dúvidas e questões sem perder o fio apelativo da narrativa. É como se estivesse sentado ao meu lado a contar-me a história mais banal do mundo, só que esta história não tem nada de banal, é original e profunda.

 

Apesar de à primeira vista parecer uma escrita densa, é bastante fácil de ler e compreender. O autor apresenta um humor irónico que me deixou rendida, as gargalhadas são uma constante desta leitura. E que bem que critica, tudo e todos, pelo sim e pelo não, porque a raça humana é falível, cheia de erros e contrariedades que ele conhece e explica esplendorosamente.

 

Gostei muito deste livro, no final, Saramago consegue ainda mostrar um lado mais romântico. E que belo final que é.

 

É assim a vida, vai dando com uma mão até que chega o dia em que tira tudo com a outra.

 

Minha pontuação Goodreads: 4*

 

Deste Mundo e do Outro | José Saramago

IMG_4860.JPG

 

 

(Por onde começar?)

 

Este foi o meu primeiro livro de Saramago (exceptuando o "Memorial do Convento" do qual pouco ou nada me recordo).

Escolhi-o dentro do Desafio #lerosnossos e #lersaramago.

 

Neste livro, Saramago escreve tão bem acerca das emoções humanas que fere com tanta verdade.

 Escreve como quem fala, quase ouvia a voz dele a falar comigo. Como se estivesse ao meu lado e dentro da minha cabeça.

 

Este é um livro de crónicas, mas mais do que isso, é um livro sobre os seus pensamentos e opiniões. Traça grandes críticas ao comportamento humano, incluíndo a ele próprio.

 

Escreve para o leitor com grande à vontade e simpatia. Tem humor e sabedoria. Ao longo das crónicas, fui ganhando maior confiança e afinidade com Saramago. E é uma grande companhia para se ter.

 

Ler este livro é todo um exercício mental de avaliação e julgamento à espécie humana.

 

No final, o que fica?

 

Que grande homem e escritor. 

Em cada crónica ficou uma ponta de lágrima ou um sorriso meu. E sempre um arrepio.

 

Não vou atribruir um 4* ao livro apenas por me faltar continuidade que nas crónicas não se consegue ter, e a qual aprecio. Faltou-me fechar o círculo. Vou fazê-lo num próximo livro de Saramago, muito em breve.

 

O mundo dos homens vai acabar. Talvez acabe mesmo. E se os animais vierem a endoidecer de cólera e desencadearem esta guerra (em 2968, por exemplo), as menos o último homem, coberto de formigas que o estralhaçam, ainda poderá pensar que morre a lutar pela humanidade. Não contra a humanidade...E será a primeira vez que tal acontece.

 

Minha pontuação Goodreads: 3*

 

Desafio: Ler os Nossos

8273885.jpg25256811._UY475_SS4752_.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dentro do Desafio #Lerosnossos, escolhi, por agora, o "O Luto de Elias Gro" de João Tordo que já terminei e em breve colocarei a minha opinião no blog.

 

Actualmente, estou a ler "Deste Mundo e do Outro" de José Saramago que entra também para o Desafio #lersaramago.

Estou a gostar muito, com uma escrita muito clara e com a qual nos conseguimos rever e identificar.

 

Quem quiser acompanhar com as suas leituras de #lerosnossos e #lersaramago basta postar com estas tags nas redes socias.

 

Mais sobre mim

foto do autor

A ler

Leitura Clube dos Clássicos Vivos

Pesquisar

 

No Youtube

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D