Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Holly Reader

Confissões de uma bookaholic.

Holly Reader

Confissões de uma bookaholic.

#3. A Holly diz...opinião "A vida privada de Maxwell Sim" de Jonathan Coe

 

Este foi o primeiro livro que li do autor, uma escolha impulsiva, feita maioritariamente com base no título do livro. Por vezes não há nenhuma razão específica para comprarmos um livro (e não tem que haver, não é verdade?). Não será um livro que me ficará na memória, penso que precisava de ser mais amadurecido antes de ser publicado. Não me senti envolvida e muitas vezes achei a trama artificial. Os acontecimentos mais interessantes do livro são colocados sem qualquer justificação, razão ou objectivo. Isto deixou-me confusa e sem qualquer motivação para continuar a ler.

 

Penso que tinha potencial para ser um bom livro (gostei especialmente da página inicial e esporádicos parágrafos) mas perdeu-se muitas vezes pelo caminho. O protagonista parece uma personagem de desenhos animados e não criei relação com ele. Comparo este livro a um carrossel desajeitado.

Apesar de ser classificado como divertido (e ao mesmo tempo abordar temas pertinentes como o suicídio e a homossexualidade) não me provocou nenhum momento de riso.
 
Fica a sensação desconfortável de algo me ter passado completamente ao lado.

Mais sobre mim

foto do autor

Especial Literatura Portuguesa

A ler

Leitura Clube dos Clássicos Vivos

Pesquisar

 

No Youtube

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
googlecdc89504237ee3fc.html