Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Holly Reader

Opiniões literárias, leituras programadas, desafios, devaneios, TAG's, novidades editoriais, eventos, encontros. Aviso: pode criar dependência a livros :)

Paris é uma festa | Ernest Hemingway

IMG_7083.JPG

 

Há muito tempo que não lia um livro tão rapidamente. Não foi o meu primeiro contacto com Hemingway e fiquei agradavelmente surpreendida em relação ao que tinha lido anteriormente. O livro está dividido por capítulos mas quase que se pode chamar um conto a cada capítulo porque cada um deles conta uma história. Gostei mais de alguns capítulos do que outros mas na generalidade gostei muito de conhecer o mundo do Hemingway como jovem escritor em Paris, o contacto com outros escritores e artistas, as mudanças de casa, a sua rotina, os pequenos prazeres que apreciava, enfim, gostei de o conhecer melhor.

 

O livro passa-se numa altura em que Hemingway vivia em Paris (nos anos 20), apesar de só o ter começado a escrever muito mais tarde (1957). A verdade é que a narrativa se poderia passar em qualquer outro sítio do mundo porque o que fazia de Paris uma festa eram as pessoas que lá viviam e com quem ele convivia. Gostei especialmente da forma simples que o autor descreve a cidade e as estações do ano a passar. Ponto extra também para os diálogos peculiares e engraçados, é impossível não rir na companhia deste livro.

 

Li este livro porque foi o escolhido pelo Clube dos Clássicos Vivos, um grupo que se dedica à leitura dos clássicos da literatura (como o nome indica) e os discute posteriormente. Agradeço ao grupo esta escolha!

 

5 comentários

Comentar post