Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Holly Reader

Opiniões literárias, leituras programadas, desafios, devaneios, TAG's, novidades editoriais, eventos, encontros. Aviso: pode criar dependência a livros :)

A sangue frio | Truman Capote

IMG_1517.jpg

 

Confesso já: este livro não foi mesmo nada do que eu estava à espera. Se é verdade que Capote foi pioneiro nesta abordagem, relatando uma história real de um crime brutal como se estivesse na cabeça dos vários intervenientes, também é verdade que deu muito mais foco à descrição dos acontecimentos esquecendo-se de manter o leitor interessado. Se a própria descrição me poderia ter mantido interessada? Podia, mas não foi isso que aconteceu. Em primeiro lugar estava à espera que o autor se tivesse colocado a si próprio como personagem uma vez que de facto esteve presente e acompanhou as investigações. Como não o fez senti que o livro está muito próximo da escrita jornalística. Assim, é muito raro encontrar uma ou outra opinião mais subjectiva. 

 

Se a própria escrita de Capote me podia ter encantado? Podia, mas também não aconteceu. Não há dúvida de que a escrita tem qualidade e a forma como vai alternando entre os diversos acontecimentos dá uma sensação de conhecimento profundo. No entanto, não me encheu as medidas.

 

Se o crime foi brutal? Foi, ainda para mais tendo em conta as razões que motivaram os assassinos. Essa para mim foi a parte mais interessante, a forma como fomos conhecendo aos poucos a personalidade e a história deles. Faltou-me, no entanto, algo que me fizesse arrepiar, sentir o medo que a família assassinada sentiu. A própria descrição da noite fatal narrada pela boca dos criminosos não me despoletou qualquer emoção.

 

Conclusão? Na minha opinião vale a pena conhecer o livro pelo estilo que apresenta e pelo cuidado da escrita, mais numa perspectiva de conhecimento e aprendizagem do que pelo interesse do relato em si. Penso que a história acabou por perder impacto pela forma como foi contada neste livro. 

 

Quero continuar a conhecer Capote, espero reencontrar o escritor que conheci em Boneca de Luxo.

5 comentários

Comentar post